Phitoteca Phitoteca

A Fitoterapia e a Ayurveda

O Ayurveda é o sistema médico tradicional mais antigo da história da humanidade. Proveniente da Índia e datado de mais de cinco mil anos, tem como grandes pilares a Alimentação e o uso de Plantas Medicinais para equilibrar o indivíduo como um todo, uma verdadeira medicina holística que hoje é reconhecida pela OMS como um sistema efetivo e comprovado cientificamente. E muito dessa comprovação veio através da Fitoterapia.

Por Phitoteca
17/06/2021 06h


O Ayurveda é o sistema médico tradicional mais antigo da história da humanidade. Proveniente da Índia e datado de mais de cinco mil anos, tem como grandes pilares a Alimentação e o uso de Plantas Medicinais para equilibrar o indivíduo como um todo, uma verdadeira medicina holística que hoje é reconhecida pela OMS como um sistema efetivo e comprovado cientificamente. E muito dessa comprovação veio através da Fitoterapia.

No Ayurveda, o ponto de partida para a composição dos remédios, e de todas as substâncias existentes, é o estudo de suas qualidades e propriedades baseado na teoria dos elementos que compõem toda a natureza, que determinam seus efeitos e ações nos organismos, através de qualidades físicas, seus sabores, sua potência de ação, seus efeitos pós-digestivos e ações específicas e individuais de algumas substâncias.

Com o avanço da ciência e tecnologia e a observação clínica ao longo de muitos anos, a Fitoterapia desempenhou um papel importantíssimo na comprovação dessa sabedoria tradicional através de estudos químicos, bioquímicos e fitoquímicos. Os efeitos e ações das plantas e seus constituintes no organismo são agora bem definidos.

Exemplos de plantas como o Coentro (Coriandrum sativum L.), conhecida tradicionalmente pela sua potência fria para pacificar o excesso de outras plantas e alimentos de sabores picantes e de qualidades extremamente quentes, é comprovadamente um tônico digestivo, além de anti-alérgico no alívio de urticárias, rashes cutâneos, rinites, como desintoxicante e outros tantos benefícios. O açafrão da terra ou Cúrcuma (Curcuma longa) extensamente usada por milhares de anos na medicina e culinária ayurvédica, um adaptógeno consagrado nos dias de hoje pela sua alta concentração em antioxidantes fitonutrientes conhecidos como curcuminóides. O Ashwagandha, Ginseng Indiano (Withania somnifera), que nas escrituras antigas “daria a força de 100 cavalos”, hoje reconhecido por garantir melhora de força e performance nas atividades esportivas, ação anti-inflamatória e antioxidante potente, sem falar no Neem (Azadirachta indica) indicado para diabéticos, mostrou atividade anti-hiperglicêmica comparável à glibenclamida, além de modulador nas disfunções imunológicas e doenças auto-imune.

A interação benéfica entre nossos organismos e os das plantas comprova que moléculas naturais possuem grande segurança em seu uso terapêutico, ajudando na prevenção e cura de muitas doenças.

Bases de consulta, como a Phitoteca®, garantem facilidade a informações técnicas de respaldo científico e pesquisas valiosas, facilitando a prescrição dos profissionais cada dia mais preocupados com a saúde integral de seus pacientes.

Daniela Cunha @danielacunhaayurveda
Consultora Farmacêutica, Fitoterapeuta e Terapeuta Ayurveda.